CARLOS CHECA E DUCATI SÃO QUASE CAMPEÕES MUNDIAIS

26/09/2011 12:20

 

Campeonato Mundial de Superbikes – GP da Itália - Ímola

Carlos Checa e Ducati são  quase campeões mundiais

 

Checa_action.jpg

 

Chegando em sexto na primeira corrida e vencendo a segunda do GP da Itália, hoje (25) em Ímola, o espanhol Carlos Checa vai ter que esperar duas semanas, até o penúltimo GP da temporada, em Magny-Cours na França, para ser o campeão mundial de Superbikes. O piloto  da Althea Ducati tem 97 pontos à frente do também italiano Marco Melandri, da Yamaha, nos 100 que estarão em disputa nas últimas 4 provas nos dois GPs, o da França  em Magny-Cours e o de Portugal, em Portimão. Matematicamente só os dois podem ser campeões.

 

Checa_action_2.jpg

 

Nesta temporada, faltando dois GPs, o espanhol Carlos Checa já consolidou sua liderança em busca de mais dois títulos para a Ducati, o de pilotos e o de marcas. A bordo de sua poderosa bicilíndrica Ducati Superbike 1198, com 97 pontos à frente de Melandri, Checa busca para o fabricante italiano o décimo quarto título de pilotos e o décimo sétimo de construtores no mundial de Superbikes. São mais vitórias que todos os demais fabricantes juntos, desde que foi criada a categoria para motos de série, em 1988.

Agora são 301 vitórias, 156 pole-positions, 755 pódios, mais os 13 títulos de pilotos e 16 de fabricantes no mundial da superbikes.