GAS GAS RACING TEAM FECHA TEMPORADA EM ALTO ESTILO NO MINEIRO DE ENDURO FIM

25/11/2013 20:46

 

Equipe garante 100% de aproveitamento no ano ao confirmar taças da E1, com Ripi Galileu, e da E2, de Rigor Rico, no torneio estadual da modalidade.

A Gas Gas Racing Team fechou a temporada 2013 com mais uma dobradinha, desta vez no Campeonato Mineiro de Enduro FIM, que terminou neste domingo em Patrocínio (MG) – palco das etapas finais da competição válidas ainda pelo Brasileiro da modalidade. A equipe garantiu 100% de aproveitamento nos desafios do ano ao confirmar os títulos das principais categorias do torneio estadual, a E1 e a E2, com os irmãos Ripi Galileu e Rigor Rico, respectivamente. Os pilotos Gas Gas já tinham garantido as taças do Brasileiro por antecipação, sendo que Rômulo Bottrel (E1) e Rico (E2) foram os grandes campeões.

“Eu ganhei o Enduro de Patrocínio na E2 e na geral, vinha buscando esse resultado há algum tempo e fiquei muito feliz em encerrar o ano em grande estilo”, comentou Rigor Rico, que contou com as qualidades da motocicleta Gas Gas EC 250F para comemorar. “A moto se comportou muito bem durante todo o ano e ainda fiz a escolha certa dos pneus para as etapas finais. O conjunto foi ótimo e deu tudo muito certo para mim”, acrescentou o mineiro. Vale lembrar que a Gas Gas Racing Team também dominou a Copa EFX, com Bottrel campeão da Elite e Galileu, da E1.

O Enduro de Patrocínio teve situações de prova bastante variadas, já que o clima foi seco no sábado e choveu neste domingo. “O meu foco desde o começo do final de semana foi garantir o título mineiro, mesmo a minha categoria estando com o nível técnico muito forte por conta do reforço dos pilotos que correm pelo Brasileiro. Fiz quarto lugar no sábado e já assegurei a taça estadual, e hoje pude forçar um pouco mais e consegui a segunda colocação na prova”, contou Ripi Galileu, que teve balanço positivo com a sua Gas Gas EC 300 dois tempos. “A moto é excelente, gostei muito de trabalhar com um equipamento dois tempos, realmente me surpreendeu”, disse. 

Número um – Apesar de ter corrido sem qualquer pressão por resultado, o final de semana também teve sabor especial para Rômulo Bottrel. Ele recebeu a placa de campeão brasileiro das mãos do vencedor anterior, Felipe Zanol, e realizou um sonho. “Vou correr com o número um no ano que vem, e isto é a concretização de um grande objetivo. Sempre quis ter esse numeral no Brasileiro de Enduro FIM”, revelou Bottrel.

Na corrida, ele venceu no sábado, mas teve problemas com a embreagem e não pôde largar neste domingo. “Mesmo assim a prova foi ótima, as trilhas estavam bastante técnicas e ainda pude rever os amigos que competem pelo Mineiro. Foi muito divertido”, concluiu o piloto.

A Gas Gas Racing Team conta com o patrocínio de Rinaldi, ASW e Vedamotors e utiliza motocicletas das linhas de dois e quatro tempos nas competições.