GOLD WING: MODELO 2012 NO MERCADO EUROPEU

22/07/2011 18:05

 

Gold Wing: modelo 2012 no mercado europeu


 

 

Desde 1975 no mercado de duas rodas, quando ainda se chamava GL1000, a Honda Gold Wing oferece muito conforto e tecnologia ao motociclista. Durante todo esse tempo, pelo menos no Brasil, ela foi soberana, pois nunca teve uma concorrente à altura para ameaçá-la neste mercado de luxo — mesmo sendo importada pela Honda. Até que neste ano a BMW lançou a K 1600 GT. Como em um passo de mágica, a GL 1800 Gold Wing se tornou obsoleta, perdendo em muitos quesitos para o moderno lançamento da marca alemã.

Devido a essa concorrência, a Honda anunciou sua Gold Wing 2012 com algumas melhorias, para não perder espaço no segmento touring. Lançada primeiramente nos EUA, a Gold Wing 2012 chega agora à Europa, principal mercado da BMW. Com alterações que vão do chassi ao sistema de som, que agora tem conectividade para IPod, a nova versão da “velha” Gold Wing fará de tudo para continuar reinando no segmento touring de luxo.

Novo chassi, antigo motor 
Não é novidade a configuração de motor da Honda Gold Wing. Desde 2001, o motor que equipa essa touring tem seis cilindros opostos e 1832 cm³. A principal intenção dos engenheiros japoneses na adoção dos seis cilindros contrapostos foi a centralização da massa, já que a moto é bem pesada - 421 kg na versão com airbag. Todavia, a Gold Wing foi projetada para a realização de grandes viagens e, segundo a Honda, na estrada a moto fica leve, dinâmica e seu motor silencioso acompanha essa proposta.

A principal característica deste propulsor é seu torque, que entrega 17,04 kgfm já nos 4.000 rpm. Com isso, o piloto tem “fôlego” para ultrapassagens e ainda desempenho para chegar onde o asfalto permitir — são 118 cavalos de potência máxima a 5.500 rpm. O famoso sistema de injeção eletrônica PGM-FI também está presente na versão 2012 da Gold Wing, que, junto com o catalisador, faz esta motocicleta atender com folga os padrões de emissão de poluentes estipulados pela norma Euro 3.

O câmbio continua com cinco velocidades, sendo a última overdrive. Também não é novidade, mas é bom lembrar que a Gold Wing tem marcha à ré, para permitir que o piloto consiga manobrar esta gigante. A transmissão final é feita por eixo cardã.

Ao contrário do motor, o chassi recebeu alterações, de acordo com a Honda. O novo quadro em alumínio deu mais rigidez ao conjunto e ainda reduziu o peso, facilitando a mudança de direção, por exemplo. O conjunto de suspensões também foi atualizado. O garfo telescópico dianteiro, com 45 mm de diâmetro e 140 mm de curso, e o monobraço traseiro ligado por link com 105 mm de curso, possuem agora um sistema de ajuste eletrônico, possibilitando ao piloto configurá-lo com facilidade.

Tecnologia que conquista    
Se na parte ciclística as mudanças não chamam muito a atenção, foi na tecnologia embarcada e na aerodinâmica que os engenheiros da Honda dedicaram seu trabalho. Segundo a marca, a versão 2012 da Gold Wing tem um design mais aerodinâmico, cortando melhor o vento. Contribui para isso as carenagens reformuladas na nova versão.

Mas não é só mais proteção aerodinâmica que a GL 1800 Gold Wing 2012 oferece. A nova versão desta famosa touring tem conexão com IPod como um dos diferenciais. Antes o sistema de som só executava rádio ou uma disqueteira no top case, o que dificultava muito a vida do motociclista. Já na versão atualizada, a Gold Wing aceita IPod, USB, IPhone, MP3 e até WMA, para que o piloto ouça realmente o que ele quer.

Além disso, a Honda equipou a Gold Wing 2012 com um sistema completo de navegação por satélite — apenas para os modelos com airbag —, para que a viagem não traga nenhuma surpresa desagradável. O sistema de airbag, inédito em motocicletas, não é novo, mas continua a fazer parte do pacote da Gold Wing. Há também a opção de colocar a moto no piloto automático, tudo para garantir conforto ao condutor.

Agora, às vezes, é preciso frear, então a Honda também oferece tecnologia neste quesito. Ambas as rodas contam com o sistema C-ABS, que além de não travar a roda, freia em conjunto, auxiliando ainda mais o piloto - um par de discos de 296 milímetros e três pistões na dianteira, e um disco de 316 milímetros ventilados de três pistões na traseira.

Mercado
Não há muito segredo quanto as concorrentes da GL 1800 Gold Wing. Sem dúvida as novas BMW K 1600 GT/GTL incomodaram a fábrica japonesa que, de bate e pronto, lança esta nova versão da sua consagrada motocicleta de turismo com melhorias na tecnologia. Depois dos EUA e Europa, a Gold Wing 2012 deve começar a ser importada para o Brasil, mas infelizmente a Honda ainda não divulgou seu preço e nem quando isto deve acontecer. O modelo 2012 será lançado em três novas cores no mercado europeu: azul, branco e preto. Já nos EUA, além das três cores a Honda disponibiliza uma versão em vermelho.

 

Fotos: Divulgação



Fonte:
Agência Infomoto