GOVERNO EXIGIRÁ CHIP DE IDENTIFICAÇÃO EM TODAS AS MOTOS DO PAÍS

01/04/2012 19:46

Governo exigirá chip de identificação nas motos

 

Quando a lei entrar em vigor, motociclistas apressadinhos terão de ter mais cuidado para não sofrerem multas

O Ministério das Cidades está construindo uma infraestrutura para o Departamento Nacional de Trânsito implantar, a partir do dia 30 de julho, um chip de identificação em todas as motos do país. O projeto está pendente desde a última candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que lançou em 2006 a pretensão de “chipar” os automóveis em todo território nacional.
A responsabilidade da instalação do chip será do Departamento de Trânsito (Detran) de cada Estado. Os órgãos responsáveis terão autonomia para estabelecer seu cronograma de instalação e definir o trabalho que será feito. Já o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) deverá exigir que até junho de 2014 todas as motos do país estejam com a etiqueta eletrônica instalada.

O dito chip funciona com a mesma tecnologia implantada no serviço de pedágio Sem-Parar, muito comum nas estradas de São Paulo. Uma vez que a placa eletrônica estiver instalada na moto, ela transmitirá por meio de um sinal de rádio as informações do veículo. As ondas de curto alcance serão captadas por antenas e identificarão todas as motos que passarem a uma velocidade inferior a 160 quilômetros por hora.

Há algumas semanas o projeto foi tema de reunião na Casa Civil. E para apaziguar as polêmicas geradas sobre o assunto, o governo resolveu reformular completamente o texto que regula o funcionamento do Sistema Nacional de Identificação Automática de Veículos (Siniav).