LUTO NO MOTOCICLISMO BRASILEIRO - MORRE O EMPRESÁRIO ABRAHAM KASINSKI

11/02/2012 02:16

 

 Luto no motociclismo brasileiro – morre o empresário Abraham Kasinski

 

Morreu na quinta (9) o empresário Abraham Kasinski. O sepultamento foi  realizado  no dia  10/fev às 12h00 no Cemitério Israelita do Butantã.

Caçula de quatro filhos de um casal de imigrantes russos, foi criado na loja de autopeças do pai. Para cursar a faculdade de economia, ele “aumentou” a idade em dois anos – com a mesma carteirinha, aproveitava para assistir a filmes proibidos para menores.

Em 1951, pressentindo que a empresa estava com os dias contados se continuasse dependendo de produtos importados, convenceu um dos irmãos a investir em uma fábrica e com ele criou a Cofap. “Ninguém queria comprar peça nacional. Corri o Brasil, cidade por cidade, para catequizar os mecânicos”, disse. No início dos anos 90, a Cofap chegou a empregar 18 mil trabalhadores e a exportar para 97 países, com faturamento anual de US$ 1 bilhão.

Abraham Kasinski vendeu suas ações em 1997 por US$ 25 milhões e adquiriu uma fábrica na zona franca de Manaus, a Cofave (Companhia Fabricadora de Veículos), que passou a produzir motocicletas com o seu sobrenome – nasceu assim a Kasinski.

Em 2007 no Salão Duas Rodas tive a oportunidade de bater um longo papo com o Sr. Kasinski e confesso fiquei surpreso com a disposição e idéias deste grande empreendedor.

  

Nota MM: a coragem e o empreendedorismo do Sr. Kasinski vão deixar saudades, assim como o seu bom humor, que a gente revê agora nos anúncios da marca, que já não  é mais da família.