NOVA SPEED TRIPLE TEM VISUAL ARROJADO E MOTOR MAIS POTENTE

02/01/2011 17:58

 
É difícil falar sobre a Triumph Speed Triple sem relacionar o modelo inglês ao filme “Missão Impossível 2”, estrelado por Tom Cruise. A moto ficou imortalizada nas cenas do longa durante uma perseguição de motos com direito a manobras radicais no melhor estilo hollywoodiano. O marketing tem dado certo, desde o seu lançamento, em 1994, já foram vendidas mais de 65 mil unidades da streetfighter inglesa. Quem teve uma missão impossível desta vez foram os projetistas e engenheiros da Triumph para redefinir o maior ícone da marca: a Speed Triple com seus faróis duplos.
 


Os dois faróis, marca registrada do modelo ainda estão lá, mas com um visual muito mais moderno e agressivo. A balança monobraço também continua, mas agora mostra uma roda traseira totalmente nova. Os novos aros, além de mais bonitos, contribuíram para baixar o peso do conjunto. Pronta para rodar a moto pesa 214 kg, três quilos a menos que o modelo 2010. Além de perder peso a Speed Triple ganhou força.
O motor de 1050 cm3 e três cilindros em linha também recebeu ajustes na centralina (ECU). O propulsor está mais potente do que nunca; agora produz 135 cv, sete a mais, e o torque também cresceu para 12,92 kgfm. Além de deixar a moto mais bonita, mais potente e mais leve, os engenheiros também aprimoraram a ciclística. Agora a tarefa de “atacar” as curvas com exatidão está ainda mais fácil para a Speed Triple 2011.
Speed Triple
 
 
CICLÍSTICA REVISTA

O quadro de alumínio é totalmente novo e com isso foi possível deslocar o motor mais à frente, deixando o modelo mais “esperto”, já que houve uma maior concentração de massa. Com a nova distribuição de peso a Speed Triple fica mais ágil e estável. O garfo dianteiro da marca Showa é invertido (upside down), tem 43 mm de diâmetro e é totalmente ajustável.
 

A posição de pilotagem também ficou mais ergonômica com o banco mais baixo. A ideia da marca é transferir mais segurança ao motociclista e facilitar sua pilotagem. Os painéis laterais assim como o painel de instrumentos receberam mudanças leves, mas que deixam o modelo ainda mais atual.

A Speed Triple tem uma extensa lista de opcionais e acessórios, que vão desde uma bolha aerodinâmica até mesmo escapamentos esportivos da grife Arrow, além de malas personalizadas.
 

Speed Triple
NOVOS FREIOS
Um dos poucos itens que recebia críticas da imprensa especializada era o sistema de freios. Além da falta de uma resposta mais rápida e eficiente, o sistema anti-bloqueio (ABS) não era oferecido nem como opcional. Enquanto que a maioria de suas concorrentes diretas na categoria streetfighter já contava com o dispositivo de segurança.
 






Speed Triple

 
 
 
Além de oferecer freio ABS, o modelo 2011 fez um aprimoramento total nos freios. O conjunto dianteiro tem dois enormes discos flutuantes de 320 mm e pinça radial da marca Brembo, com quatro pistões. Já na traseira, o disco simples de 225 mm tem pinça Nissin com dois pistões. A nova versão da Speed Triple já está pronta e parece cumprir a difícil missão de suceder um sucesso de crítica e público. O modelo chega às concessionárias europeias em dezembro e o preço ainda não foi definido pela marca inglesa. 

Speed Triple

Equipe Informativo Moto1000