PREFEITURA DE SÃO PAULO VETA MOTOS NA PISTA EXPRESSA

02/08/2010 10:28

 Os motociclistas também foram atingidos pelas novas restrições ao tráfego definidas pela Prefeitura de São Paulo. A partir de segunda-feira, o trânsito de caminhões na Marginal do Pinheiros e nas Avenidas dos Bandeirantes e Jornalista Roberto Marinho estará proibido e as motocicletas serão impedidas de circular na pista expressa da Marginal do Tietê. O trânsito de motos será permitido só nas pistas locais e centrais da via. A proibição tem como objetivo reduzir o número de acidentes com motociclistas.

Segundo a Prefeitura, nos primeiros 15 dias da medida a regra será educativa. Passado esse período, quem for flagrado circulando nas faixas expressas será multado em R$ 85,12 e receberá quatro pontos na carteira de habilitação. A restrição era prevista desde o início das obras de ampliação da Marginal do Tietê. Com 23,5 quilômetros de extensão em cada sentido, a Tietê recebe diariamente 350 mil veículos, dos quais 70 mil são caminhões e 45 mil, motos.

Números da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) apontam que a via é a campeã de acidentes com mortes envolvendo motos. Em 2009, dos 50 acidentes com mortes registrados na Marginal do Tietê, 32 envolviam motoqueiros. O número aumentou em relação a 2008, quando foram registrados 58 acidentes com mortos - dos quais 27 tinham motociclistas envolvidos.

Na restrição ao trânsito de caminhões, em linhas gerais, o que o prefeito Gilberto Kassab (DEM) fez foi permitir que apenas os pequenos, os Veículos Urbanos de Cargas (VUCs), possam entrar no centro expandido de São Paulo, área que concentra mais trânsito. Os caminhões maiores, agora, só estão liberados à noite. Das 21 às 5 horas do dia seguinte. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: Agência Estado