YAMAHA LANÇA DESTAQUE NO SALÃO DUAS RODAS.

06/10/2013 14:05
 A Yamaha, vai apresentar com destaque em seu stand a nova YS 150 Fazer, o maxi scooter TMAX, a VMAX, YBR125 Factor ED LE e Fazer YS250 LE nas versões Black Edition e as XJ6 N e F com o inédito sistema de freios ABS.


YS 150 Fazer

A YS 150 Fazer é o primeiro modelo de 150cc da Yamaha desenvolvido para o mercado brasileiro e chega para ser a melhor em sua categoria. Exibe design arrojado e agressivo resultando em um modelo bastante robusto, com linhas esportivas. A Fazer 150 é equipada com motor Blueflex de 2ª geração Nova Fazer 150 será a principal aposta da Yamaha para o mercado brasileiro.

SOHC de 4 tempos e dispõe de sistema de injeção eletrônica com mapeamento adequado para qualquer percentual de gasolina e de etanol. 


Este modelo se destaca, ainda, pelo conjunto de tanque de combustível e tomada de ar, farol esportivo, lanterna traseira bi-partida, rabeta mais afilada, painel completo de mostrador digital com indicador de marcha, além da ergonomia ideal. Por ter sido desenvolvida no Brasil, ela apresenta também um excelente desempenho, já que foram consideradas de maneira bastante detalhada e cuidadosa as condições específicas de uso no País como clima, terrenos e/ou pavimentos ocasionalmente irregulares, características do trânsito (especialmente nas grandes cidades, com tráfego mais intenso e lento), longos deslocamentos e entre outras. Os pneus TL- sem câmara, com destaque para o pneu traseiro de 100mm de largura, foram desenvolvidos para maximizar o conforto e a dirigibilidade da motocicleta em qualquer situação de uso. Já em relação à segurança, o destaque fica para o sistema de freios, com melhor progressividade, o que evita frenagens bruscas.

Motor: Refrigerado a ar, 4 tempos, SOHC, 150cc
Potência: 12.2 cv / 7.500 rpm 
Torque: 1,28 kgf.m / 5.500 rpm 
Peso: 119kg (Versão SED) / 117kg (Versão ED)

TMAX

Para um público que busca sofisticação, a Yamaha traz o TMAX, scooter mais vendido na Europa em 2012 que chega para estabelecer um novo conceito e estilo no mercado brasileiro de duas rodas. O TMAX é um scooter com design premiado que esbanja estilo e performance esportiva, ideal por ser prático para o dia-a-dia de trabalho e por ainda oferecer conforto e desempenho superiores para viagens. Tem um potente motor de 530cc de 4 tempos, 4 válvulas DOHC, com refrigeração líquida, instalado em quadro de alumínio, e com Câmbio CVT. O escapamento com traços mais desportivos e em posição elevada, as rodas grandes (15 polegadas), o quadro leve em alumínio fundido, os exclusivos faróis duplos, as arrojadas lanternas traseiras de LED, as linhas mais destacadas da carenagem e da rabeta, inspirada em motocicletas Supersport, completam o design agressivo, inovador e atraente, formando um conjunto harmonioso. Além disso, se destaca pelo múltiplo porto objetos e eletrônica embarcada de última geração.  

O maxi scooter T-Max, de 530cc, será um dos destaques do stand da Yamaha.


Além do visual, a maneabilidade do TMAX é outra característica deste modelo que se destaca porque o quadro leve em alumínio permite manobras ágeis em baixas velocidades e dá ótima estabilidade em altas velocidades. Também é fundamental para isso a suspensão, que garante excelência em curvas, e o robusto amortecedor traseiro assegura uma condução suave. Finalmente, os freios com travões de disco de maior dimensão na roda traseira (282mm) e duplo disco de travão na dianteira, outra herança das motos Supersport. O conforto é garantido pelo para-brisas ajustável em duas posições diferentes e pelo assento duplo com alças para o passageiro.

Motor: Refrigerado a água, 530cc
Potência: 34,2 kW / 6.750 rpm
Torque: 52,3 Nm / 5.250 rpm
Peso: 217 kg (Versão sem ABS) / 221 kg (Versão ABS)

VMAX 

Já os aficionados por motos que tem como sonho de consumo os modelos que criaram uma identidade única e marcante, não podem perder a presença da última geração da VMAX. Este é outro lançamento que a Yamaha trará para o Brasil com o intuito de se destacar com a introdução de modelos que se tornaram símbolos de um estilo único e entraram para a história esbanjando personalidade e design arrojado. Criada em 1985, esta motocicleta se tornou um sucesso de vendas na Europa e EUA e uma lenda no mundo inteiro, causando admiração desde que suas primeiras versões foram lançadas.

A poderosa V-Max


Esta moto extremamente potente, rápida e de ótima maneabilidade continua fiel à tradição da VMAX original lançada em 1985, que se destacava pela sua elegância e pelo som característico do seu volumoso escapamento, sonho de consumo de muitos motociclistas. A versão atual possui motor maior em um quadro mais compacto, de cor preta e em alumínio escovado, com design extraordinariamente arrojado e chamativo. Tem excelente capacidade de aceleração e permite uma condução precisa. Dispõe de motor V4 de 4 tempos e 1679 cc. Quando suas primeiras versões foram lançadas, esta moto se tornou logo uma lenda e um dos maiores ícones existentes de duas rodas que ganhou até a admiração dos pedestres.

Motor: Tipo V 4cilindros, refrigerado a água, 4 tempos, DOHC, 4 válvulas, 1679 cc
Potência: 147.2 kW (200PS) / 9,000 rpm
Torque: 166.8 Nm (17.0 kg-m) / 6,500 rpm
Peso: 310 kg

Linha BLACK EDITION 

A YBR125 Factor e a Fazer YS250 estarão presentes com apenas uma mudança bem marcante e visível: para o Salão Duas Rodas, ganharam uma versão especial denominada Black Edition. Os dois modelos street serão lançados com novos grafismos, motores na cor preta e peças plásticas em preto fosco (com exceção do tanque) em número limitado. Trata-se de uma moto ideal para quem quer se diferenciar dos demais motociclistas com um modelo de design ainda mais atraente, esportivo e arrojado, inspirado na supermoto de corrida YZF-R1.

Tecnicamente, estes dois modelos são rigorosamente iguais aos tradicionais, com a Factor se destacando pelo novo conjunto de tanque e tomada de ar mais robusto; traseira com um desenho mais afilado; painel com mostrador em branco mais moderno; pára-lamas com visual mais anguloso; e o novo escapamento completamente reformulado. O motor em quatro tempos monocilíndrico SOHC, (Single Over Head Camshaft), leve e compacto, refrigerado a ar, também é o mesmo. Por sua vez, a Fazer continua oferecendo um deslocamento ágil no dia-a-dia e um motor versão “flex” que pode ser abastecido 100% por álcool, gasolina ou por ambos simultaneamente (primeiro propulsor do gênero para motos). O sistema de injeção eletrônica, pistão forjado, cilindro com revestimento cerâmico, freio a disco em ambas as rodas, além do visual moderno, fácil dirigibilidade e baixo consumo. O design segue combinando elementos que dão a FAZER250 um estilo esportivo, a começar pelo desenho do tanque de combustível com capacidade para 19,2 litros. O modelo tem motor monocilíndrico quatro tempos de 249cc e comando de válvula simples no cabeçote, que desenvolve 21 cv de potência.

YBR125 Factor
Motor: 4 tempos, SOHC, refrigerado a ar, 2 válvulas, 124cc
Potência: 10,2 cv / 7800rpm
Torque: 1.0 kgf.m / 6.000 rotações/min
Peso: 105 Kg (Versões K1, K e E) / 107 Kg (Versão ED)

Fazer YS250
Motor: 4 tempos, SOHC, refrigerado a ar com radiador a óleo, 2 válvulas, 249cc
Potência: 21 cv / 8.000 rpm
Torque: 2,1 kgf.m / 6.500 rpm
Peso: 137 Kg (Versão YS) / 138 Kg (Versão BlueFlex)

XJ6 N / F

A XJ6 nas versões N e F chega ao Salão Duas Rodas com uma novidade importante: o sistema de freios ABS. O escapamento 4-2-1 é inovador, terminando em uma pequena ponteira localizada sob o motor, onde está alojado o abafador e o catalisador. Equipada com motor 4 tempos, DOHC, refrigerado a água, com 4 cilindros e 600 cc. Disponível em dois modelos, N e F. Mais “incrementada” do que a XJ6 N, o principal diferencial da XJ6 F é a presença da carenagem e do cavalete central.

 

XJ6 N, assim como a versão carenada (F), passa a ter opção de freio ABS.
Motor: 4 tempos, DOHC, refrigerado a água, 600cc
Potência: 77,5cv / 10.000rpm
Torque: 6,09 Kgf.m / 8.500 rpm 
Peso: 186 kg (Versão N) / 196 Kg (Versão F)

Outras motos da Yamaha no evento

YZF-R1, Midnight Star, XT1200Z Super Ténéré, XT660Z Ténéré, XTZ250 Ténéré, XT660R, Lander XTZ250, XTZ125 e Crypton.
 

Fotos: Divulgação