BOM JARDIM DE MINAS

Bom Jardim de Minas é  m município brasileiro no interior do estado de Minas GeraisRegião Sudeste do país. Localiza-se a sul da capital do estado, distando desta cerca de 295 km. Ocupa uma área de 412,021 km², sendo que 1,7197 km² estão em perímetro urbano, e sua população em 2018 era de 6 489 habitantes.

 

A sede tem uma temperatura média anual de 21,2 ºC e na vegetação do município predomina a Mata Atlântica. Com 85% da população vivendo na zona urbana, a cidade contava,no último censo, com cinco estabelecimentos de saúde. O seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,673, considerando como médio em relação ao estado.

Atualmente, Bom Jardim se destaca na realização de festas como o Carnaval, que é um dos maiores da região; e a festa do padroeiro da cidade, Bom Jesus dos Matozinhos, em agosto; além dos atrativos naturais, como cachoeiras e serras.  Acima vôos de parapente do Cristo Redentor localizado no ponto mais alto próximo à cidade.

Vizinho dos municípios de ArantinaLiberdade e Santa Rita de Jacutinga, Bom Jardim de Minas se situa a 60 km a Norte-Oeste de Valença a maior cidade nos arredores.
Situado a 1 130 metros de altitude, de Bom Jardim de Minas tem as seguintes coordenadas geográficas: Latitude: 21° 56' 52'' Sul, Longitude: 44° 11' 5'' Oeste.

O Distrito de Taboão, além do Parque Municipal do Taboão, com suas belas cachoeiras, possui a Serra da Bandeira, com seus 1.733 metros.Um lugar que vale a pena ser visitado.

Na zona rural é comum a prática de diversos esportes radicais. Em algumas quedas d'água destaca-se a prática de rapel e alguns rios propiciam o rafting. Bom Jardim ainda conta com diversas trilhas com trilhas, que servem para caminhadas ecológicas e passeios de bicicleta ou para a prática de motocross e esportes envolvendo veículos 4x4.

Atrativos e artesanato

Além das manifestações culturais e eventos já citados, também destacam-se vários atrativos naturais, como a Caverna das Pitangueiras; a Serra da Bandeira, com altitude máxima chegando aos 1 500 metros; a Serra do Cruz, que chega aos 1 650 metros; e a Serra dos Gerais, com 1 250 metros; além das cerca de 100 cachoeiras existentes, sendo as mais frequentadas: do Pacau, dos Dois Córregos, do Rio Grande; das Três Quedas; das Pitangueiras; Véu da Noiva; do Imbutaia; da Mandioca; e da Fumaça.

artesanato é uma das formas mais espontâneas da expressão cultural bonjardinense. Em várias partes do município, é possível encontrar uma produção artesanal diferenciada, feita com matérias-primas regionais e criada de acordo com a cultura e o modo de vida local. Há associações que reúnem artesãos da região, disponibilizando espaço para confecção, exposição e venda dos produtos artesanais. Normalmente essas peças são vendidas em feirasexposições ou lojas de artesanato